semtelhas @ 22:20

Qua, 25/01/12

Os Descendentes e Moneyball são duas grandes...desilusões. Dois argumentos previsíveis,no primeiro caso um homem rico, avaro ( "deve-se dar aos filhos o suficiente para que façam alguma coisa, mas não tanto que não tenham que fazer nada"), escravo do trabalho, negligente com a família, trocado por outro e, finalmente, viúvo com duas crianças nos braços.

George Clooney num papel caricaturesco, cheio dos tiques que já lhe vi noutros filmes, dos quais gostei porque eram para rir ( Homens que matam cabras só com o olhar" e "Destruir depois de ler"), aqui não bate certo até porque aquilo, ás tantas, é um tal puxar à lagrima. Aproveitei a interpretação de uma menina chamada Shailene Woodley.

 

Moneyball é Brad Pitt sempre numa espécie de estado de fúria contida, cena sim, cena sim, com a boca cheia a comer ou a beber, a fazer de treinador de beiseball que descobriu os benefícios da estatistica no desporto de alta competição e os milhões que movimenta. Depois de tantos e tão bons papeis havia necessidade de vender o nome (e o resto, que no caso é quase tudo) para isto? Não.


direto ao assunto:

"O medo de ser livre provoca o orgulho de ser escravo."
procurar
 
comentários recentes
Pedro Proença como presidente da Liga de Clubes er...
Este mercado de transferências de futebol tem sido...
O Benfica está mesmo confiante! Ou isso ou o campe...
Goste-se ou não, Pinto da Costa é um nome que fica...
A relação entre Florentino Perez e Ronaldo já deve...
tmn - meo - PT"Os pôdres do Zé Zeinal"https://6haz...
A azia de Blatter deve ser mais que muita, ninguém...
experiências
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


mais sobre mim