semtelhas @ 12:35

Qua, 06/06/12

À tona da rotina, a boiar descontraídamente de carro e ouvindo música clássica, descubro nesta duas naturezas distintas entre si e, no entanto, inseparáveis e complementares, enquanto um todo.

 

Se há compositores que, pela paixão e força que põe nas suas obras, nos convocam por completo, quase provocando uma momentânea cegueira para tudo o resto tal é a disponibilidade e atenção exigidas, entre os quais destacaria como exemplos, Wagner, Tchaikovski ou Ravel, outros há que, anúnciam-se mas depois, como que nos hipnotizam, e, já não conscientemente presentes, vão deixando espaço à vida para que desempenhe o seu papel, mas influênciando-a decisivamente na forma como a olhámos, funcionando como facilitador, preciosa ajuda para melhor  descodificarmos o que vai passando à nossa volta. Obras como os noturnos de Chopin, as sonatas de Beethoven,  alguns concertos e sobretudo, os divertimentos, de Mozart, são disso bons exemplos.

 

Este último parece-me ser o que melhor desempenha essa magistral capacidade de trazer alguma luz quando algo ameaça ensombrar a alma.  Trata-se de um dos mais talentosos e também mais profícuos compositores. Óperas, quarenta e uma sinfonias e muitos concertos. Mas, é

ouvindo os denominados "Divertimentos", que melhor sinto a apaziguadora brisa que da música deste génio emana, pacificadora e abrindo caminho a paisagens interiores plenas de harmoniosa clarividência.

 

Mozart - Divertimento K-136. Allegro

 

 


direto ao assunto:

"O medo de ser livre provoca o orgulho de ser escravo."
procurar
 
comentários recentes
Pedro Proença como presidente da Liga de Clubes er...
Este mercado de transferências de futebol tem sido...
O Benfica está mesmo confiante! Ou isso ou o campe...
Goste-se ou não, Pinto da Costa é um nome que fica...
A relação entre Florentino Perez e Ronaldo já deve...
tmn - meo - PT"Os pôdres do Zé Zeinal"https://6haz...
A azia de Blatter deve ser mais que muita, ninguém...
experiências
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


mais sobre mim